Quinta, 20 Abril 2017 06:47

<div>Celebridades se revoltam com postagens de estupro de cadela e pedem prisão de ‘monstro’</div>

Avalie este item
(0 votos)

Reprodução | Facebook

Celebridades que atuam na proteção e defesa dos animais no cenário nacional, como a atriz Yasmim Brunet e a apresentadora Luisa Mell, se revoltaram com o vídeo onde um estudante de Mato Grosso, identificado como Emerson Hernandes, aparece estuprando sua cadela no banheiro de uma residência. As imagens foram divulgadas na tarde de quarta-feira, 19. Logo depois, o estudante foi responsabilizado criminalmente por maus-tratos e associação criminosa pela Polícia Civil, que também representou pela prisão preventiva do rapaz e investiga sua atuação perante um grupo de zoófilos.

O vídeo foi postado pelo estudante em sua rede social e, após a repercussão negativa do ato de zoofilia, sua página em rede social foi deletada. No entanto, em sua conta no Instagram, somente em uma das fotos que estão disponíveis, que mostra um pastor belga, são mais de 5,6 mil comentários. Nessa mesma foto a atriz Yasmim Brunet, assevera “Monstro”. “Espero que você vá preso”.

Com um expressivo trabalho no resgate de animais, a apresentadora Luisa Mell, também postou em sua página oficial a imagem da agressão, juntamente com o nome do estudante.

“Eu estou em choque. Este ser estuprou sua cadela e filmou!!!!! As cenas são nojentas. Queremos justiça. A ong local fez o B.O. Mas temos que fazer barulho para que seja punido! Tem que perder a guarda da cachorra já! Trabalharei hj para isso! Ah aqui o insta do criminoso @hemerson_fernandes_odonto”.

Ainda há os mais exaltados que desejam que ele seja castrado ou torturado considerando o sofrimento do animal. ”

“Você é pior que lixo. Não deveria nem ter nascido”. Outro exemplo, deseja que ele seja responsabilizado criminalmente. “Babaca. Espero que vá preso, mas antes disso que alguém vá e faça coisa pior com o que vc fez com o cachorro”.

Uma das referências na luta em defesa e pelos direitos animais em Mato Grosso, o sargento Vidal, declarou ao Olhar Direto que já se deparou com inúmeras atrocidades ao longo de sua vida e considerou como um verdadeiro absurdo o ato criminoso.

Após a divulgação das imagens, a Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) representou pela prisão preventiva do estudante, que é morador do bairro Pedra 90, em Cuiabá. Emerson teve a prisão decretada e deve ser indiciado por crimes de maus-tratos e associação criminosa. A Polícia Civil investiga o fato de que ele possa ser integrante de um grupo de zoófilos (pessoas que têm atração e envolvimento sexual com animais de outras espécies). Ainda segundo a Polícia, os integrantes desse grupo ainda estão em processo de identificação.

Fonte: Olhar Direto

Comments

comments

Ler 51 vezes

Autor