Quinta, 10 Agosto 2017 10:41

Concurso HCFMUSP

Avalie este item
(0 votos)

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) anunciou por meio dos editais nº 02 e 03/2017, a realização de mais um concurso público. Desta vez o certame oferece 5 (cinco) vagas, sendo 3 (três) para atividades de Médico I para atuar na Unidade de Terapia Intensiva do Instituto de Ortopedia/Traumatologia e 2 (duas) funções atividades de Médico I para a Equipe Médica de Pronto Socorro do Serviço de Clínica Médica I das Unidades Médicas e de Apoio do Instituto Central.

Composição Salarial Inicial
Salário base: R$ 1.900,00; Gratificação Executiva: R$ 750,00 e Prêmio de Produtividade Médica(*) de 50%: R$ 1.675,00;
O Prêmio de Produtividade Médica – PPM, poderá variar entre 50%, 80% ou 100% do Valor total de R$ 3.350,00, nos termos da legislação vigente.

Benefícios
Auxílio Alimentação – os servidores poderão optar entre o Auxilio Alimentação e o Vale Refeição;
Vale Transporte – opcional e corresponde ao deslocamento residência/trabalho e vice-versa nos moldes da Lei n.º 7418/85, regulamentada pelo Decreto no. 95247/87;
Creche para os filhos dos servidores – mediante disponibilidade de vaga e avaliação, dando preferência às mães com filhos em idade de amamentação.

O candidato com deficiência concorrerá às vagas existentes e às que vierem a ser oferecidas durante o prazo de validade do
concurso, sendo reservado o percentual de 5% destas no presente concurso público.

As inscrições deverão ser realizadas somente pela Internet, no site www.quadrix.org.br, no período das 10 horas de 11 às 23 horas de 25 de agosto de 2017, devendo ser paga a taxa de inscrição, que custa R$ 82,73.

Todos os inscritos serão avaliados mediante prova escrita, estudo de caso e avaliação de títulos. Estima-se que as provas sejam aplicadas nos dias 6 e 11 de setembro de 2017, em locais e horários a serem divulgados nos dias 2 e 6 de setembro de 2017, no endereço eletrônico www.quadrix.org.br.

 O concurso público terá validade de dois anos, a partir da data da publicação de sua homologação em Diário Oficial do Estado, prorrogável uma vez por igual período, a critério do HCFMUSP.