Segunda, 13 Fevereiro 2017 15:55

Estado afirma que mil policiais atuam nas ruas de Osasco ... - PlanetaOsasco.com - PlanetaOsasco.com

Estado rebate vereadores e afirma que mil policiais atuam nas ruas de Osasco

Estado rebate vereadores e afirma que mil policiais atuam nas ruas de Osasco (Foto: guilherme lara campos)

(políEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

A Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo rebateu a reportagem do Diário da Região intitulada “Comissão vai pressionar Alckmin por segurança em Osasco”, publicada na edição de 10 de fevereiro.

Segundo a nota, o governo do estado irá analisar as informações para aprimorar o patrulhamento e esclarece que tem investido na cidade. “De 2011 a 2016, 432 soldados foram contratados e o governo investiu R$ 7,7 milhões em 157 novas viaturas para o município. Atualmente, mais de mil PMs atuam em Osasco.

Em integração com a Polícia Civil, eles prenderam e apreenderam 3.449 pessoas e ajudaram a reduzir os furtos (2%) e os roubos de carga (26%) em 2016”.
Na sexta-feira, o Diário publicou que os vereadores de Osasco pretendem criar uma comissão na Câmara Municipal para pressionar o governador Geraldo Alckmin a investir mais na segurança da cidade.

Segundos os parlamentares, a atuação da Polícia Militar pode e deve ser intensificada no município. A meta da comissão seria debater o assunto, levantar problemas e cobrar da Secretaria da Segurança Pública ações mais eficazes no combate ao crime.

Na última sessão ordinária, o vereador Cláudio da Locadora orientou os vereadores a “baterem na porta” de Alckmin para cobrar uma solução que, segundo ele, não deve ser apenas de competência da prefeitura.

O vereador se referia, possivelmente, às cobranças que a Prefeitura recebe, com freqüência, sobre o alto índice de violência em Osasco. Como a prevenção é de responsabilidade do estado, Cláudio da Locadora sugeriu a formação da comissão.

Uma das principais metas seria ampliar o efetivo. Para reduzir os furtos e roubos em pontos de ônibus, o prefeito Rogério Lins criou o programa “Amanhecer Seguro” no qual viaturas da Guarda Municipal circulam, todas as manhãs, perto dos pontos de ônibus para assaltos dos que saem para trabalhar.

Autor