Página 3 de 61

Motoristas e carros utilizados devem ser de Osasco e recolher taxa única para operar na cidade. Já os taxistas teriam desonerações de impostos. Proposta será debatida dia 30

Ribamar

Ribamar (Foto: Luciano Benazzi)

(políEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

Após meses de polêmicas, o projeto de lei que regulamenta os aplicativos de transporte de passageiros, como o Uber, caminha para um acordo na Câmara Municipal. A proposta será debatida no próximo dia 30, em audiência pública, mas uma saída tem agradado boa parte dos parlamentares: exigir que os motoristas e carros utilizados sejam de Osasco e que recolham uma taxa única para operar na cidade. Já os taxistas seriam contemplados com desonerações de impostos. Para isso, os vereadores precisariam apresentar emendas que modifiquem o texto original enviado à Casa pelo prefeito Rogério Lins (PODE). A proposta deve ser levada a conhecimento dos interessados na próxima audiência pública.

Líder do governo na Câmara, Ribamar Silva (PRP) diz ver com bons olhos a implantação das regras aos motoristas cadastrados em aplicativos. Além de exigir residência em Osasco, eles devem ter seus carros com placas da cidade. Dessa forma, a prefeitura garantiria o recolhimento do IPVA e apostaria na geração de empregos. Veículos de outros municípios passariam a ser proibidas de buscar passageiros em Osasco, a exemplo do que acontece com taxistas.

Outra meta é estipular um limite no número de motoristas cadastrados em aplicativos com permissão para dirigir em Osasco. “Todo movimento que se faça para gerar emprego na cidade é importante. A conversa com todos os vereadores tem sido nesse sentido de obrigar que os carros sejam emplacados em Osasco e que os motoristas sejam residentes em Osasco. Isso movimenta a economia local porque você recolhe impostos e gera empregos para o município”, disse Ribamar.

O líder do governo defendeu a regulamentação dos aplicativos e cobrou respeito aos taxistas. “Para regulamentar é preciso ter um custo para os aplicativos também porque senão fica inviável para os taxistas. Fica desproporcional. O governo tem estudado para dar descontos aos taxistas nos tributos que eles pagam todos os anos”, explicou.    

Ribamar também confirmou que a proposta deve ir a plenário em setembro. “Já estamos chegando a um entendimento. Quem pediu a audiência foi o vereador Tinha. Ele já veio conversar comigo e está havendo esse entendimento [de votar em setembro]. A Casa precisa andar e vamos colocar esse projeto, de suma importância, para votar”, concluiu.  

O fanático e exigente torcedor de Osasco não deve e não pode tirar conclusões precipitas.

A derrota de 3 a 0 para Barueri na abertura do campeonato paulista foi absolutamente normal. Osasco atuou com time alternativo, termo da moda. E será assim.

Classificado antecipadamente para a semifinal da competição, Osasco vai usar a primeira fase do torneio, que não vale rigorosamente nada, para ganhar ritmo de jogo e observar algumas atletas. Só isso.

O resultado, que conta muito para a torcida, é o que menos interessa. Outros tropeços estão por vir.

Quando a coisa for para valer, nos playoffs, Osasco terá sua verdadeira cara. Hoje o que se vê é uma equipe completamente desfigurada.

Faltam Tandara e Bia, na seleção principal e Lorenne, na sub-23. As estrangeiras ainda não foram oficializadas. O blog tem informações de que o clube está agindo nos bastidores com ‘sotaque’ conhecido. Para completar, a levantadora Fabíola ainda se recupera de cirurgia.

Isso sem contar que Luizomar de Moura e Jefferson estão com a seleção do Peru, ou seja, Osasco jogará praticamente toda primeira fase com o time reserva.

Quando Tandara, Bia, Lorenne, Fabíola e as gringas estiveram à disposição a história literalmente será outra.

Quem não concordar com avaliação, que soma nota da prova e avaliação de títulos, tem dois dias para apresentar recursos. Na sequência, saem a classificação e a lista de aprovados

Aprovados devem começar a trabalhar em setembro na prefeitura

Aprovados devem começar a trabalhar em setembro na prefeitura (Foto: divulgação)

A Prefeitura de Osasco divulgou as notas dos candidatos que realizaram provas de seu concurso público. A lista pode ser conferida na edição da última sexta-feira, dia 18, da Imprensa Oficial do Município de Osasco (IOMO), no site www.iomo.osasco.sp.gov.br, ou no site www.indepac.org.br, da empresa organizadora do concurso.  

A nota  soma o desempenho na prova e os pontos por títulos. A partir da data da publicação, os candidatos que não concordarem com suas notas têm prazo de dois dias úteis para apresentar recursos. Na sequência, será divulgada a nota final, a lista de classificação e a relação de aprovados. A previsão é de que as primeiras contratações aconteçam a partir de setembro.

As provas foram realizadas nos dias 23 e 31 de julho, de acordo com o cargo. O concurso somou 1271 vagas em 51 cargos e recebeu um total de 51.981 inscrições. Os salários vão de R$1.082,10 e R$4.350,36.

Dentre os cargos com maior número de vagas foram dois na área da Educação: Professor de Desenvolvimento Infantil (PDI), com 200, e Professor de Educação Básica I (PEB I), com 270. A seleção também envolve 80 vagas para agentes de trânsito e 200 para Guarda Municipal, sendo 100 para homens e 100 para mulheres.  Já a área da Saúde concentra maior número de cargos, incluindo médicos de várias especialidades, como clínico geral, ginecologista, pediatra, pneumologista, radiologista e socorrista. Dentre os cargos com nível superior, serão contratrados ainda  dentistas, arquitetos, engenheiros agrônomo, civil e de segurança do trabalho, contador e economista.

O fanático e exigente torcedor de Osasco não deve e não pode tirar conclusões precipitas.

A derrota de 3 a 0 para Barueri na abertura do campeonato paulista foi absolutamente normal. Osasco atuou com time alternativo, termo da moda. E será assim.

Classificado antecipadamente para a semifinal da competição, Osasco vai usar a primeira fase do torneio, que não vale rigorosamente nada, para ganhar ritmo de jogo e observar algumas atletas. Só isso.

O resultado, que conta muito para a torcida, é o que menos interessa. Outros tropeços estão por vir.

Quando a coisa for para valer, nos playoffs, Osasco terá sua verdadeira cara. Hoje o que se vê é uma equipe completamente desfigurada.

Faltam Tandara e Bia, na seleção principal e Lorenne, na sub-23. As estrangeiras ainda não foram oficializadas. O blog tem informações de que o clube está agindo nos bastidores com ‘sotaque’ conhecido. Para completar, a levantadora Fabíola ainda se recupera de cirurgia.

Isso sem contar que Luizomar de Moura e Jefferson estão com a seleção do Peru, ou seja, Osasco jogará praticamente toda primeira fase com o time reserva.

Quando Tandara, Bia, Lorenne, Fabíola e as gringas estiveram à disposição a história literalmente será outra.

Prédio com 8 mil m², por onde vão circular 350 veículos por mês, de 52 linhas de ônibus, faz parte do Corredor Itapevi-São Paulo

O Terminal Metropolitano Luiz Bortolosso, da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Metropolitanos de São Paulo), entregue à População nesta quarta-feira (16), em Osasco, Zona Oeste da Região da Grande São Paulo, serve a 52 linhas de ônibus, 40 metropolitanas e 12 municipais. A edificação por onde vão circular 250 mil passageiros em média por mês, faz parte do Corredor Itapevi-São Paulo e está localizada na Avenida dos Autonomista, 7.130.

O governador Geraldo Alckmin participou da cerimônia de entrega da obra e falou sobre a sua importância. “Estamos avançando para ter o melhor corredor metropolitano Itapevi-Jandira-Carapicuíba- Osasco-São Paulo. Este grande terminal receberá 52 linhas de ônibus, 350 veículos ao todo, integrados ao viário do município e à Linha 8-Diamante, da CPTM. A pessoa com deficiência terá toda a acessibilidade, com quatro escadas rolantes, quatro elevadores e seis plataformas. Foram investidos R$ 29 milhões”, afirmou.

Na mesma ocasião, o governador autorizou a publicação de editais para contratação de obras nos trechos Jandira-Carapicuíba e Carapicuíba-Km 21 do Corredor Itapevi-São Paulo. O Terminal Metropolitano Luiz Bortolosso tem 8 mil m² de área e seis plataformas. Além das 40 linhas de ônibus metropolitanas, o terminal vai receber nove linhas municipais de Carapicuíba e três de Osasco.

Junto com o terminal, foi entregue uma passarela para facilitar o acesso à estação General Miguel Costa, da linha 8-Diamante da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A integração tarifária das linhas metropolitanas de ônibus com o trem é feita por meio do cartão BOM, que proporciona um desconto de R$ 1,50 no valor das duas tarifas.

Mais obras
As obras prosseguem no corredor Itapevi-São Paulo, com a previsão de entrega, em junho de 2018, de mais um trecho de 5 quilômetros entre Itapevi e Jandira. Um segundo trecho de 8,8 quilômetros vai ser construído entre Jandira e Carapicuíba. O edital com essa finalidade foi autorizado  pelo governador nesta quarta-feira e vai ser publicado até o final do mês. A obra com previsão de início até o final do ano, inclui o Terminal Carapicuíba, uma estação de transferência e nove estações de embarque e desembarque.

Um terceiro trecho está em construção e vai de Carapicuíba ao Terminal Luiz Bortolosso, com 2,2 km de extensão, duas estações de embarque e um terminal. Já está com 65%  das obras concluídas. O quatro e último trecho das obras é a ligação do Terminal Luiz Bortolosso à Vila Yara, com 7,6 km de extensão, que inclui um terminal de integração na Vila Yara e dez estações de embarque, cujo projeto básico e executivo já está concluído.

Locais servidos pelas linhas metropolitanas que operam no Terminal Luiz Bortolosso: 

  • Capital: Barra Funda, Jardim João 23, Lapa, Metrô Butantã, Pinheiros, Hospital das Clínicas, Rio Pequeno, Rodovia Raposo Tavares km 17,8
  • Osasco: Centro, Jardim Santo Antônio, Jardim Veloso, Terminal Santa Maria, Vila Yara, Vila Yolanda
  • Barueri: Alphaville/Bradesco, Alphaville 2, Jardim do Líbano, Parque Viana, Vale do Sol
  • Carapicuíba: Cohab 1, Cohab 5, Cidade Ariston, Jd. Novo Horizonte, Parque Jandaia, Vila Dirce
  • Cotia: Terminal Metropolitano
  • Itapevi: Centro, Cohab, Cohab/Jd. Paulista, Vila Gioia
  • Jandira: Jd. N. S. de Fátima
  • Santana de Parnaíba: Alphaville 10, Res. Tamboré 3
  • Pirapora Bom Jesus: Jardim Bom Jesus

.

Chocou os internautas neste fim de semana a notícia de que uma dupla havia sido flagrada pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Osasco capturando pombos no calçadão da rua Antonio Agu para supostamente preparar alimentos que seriam vendidos a buffets. Mas a suspeita já vinha circulando nas redes sociais.

No fim do mês passado, um internauta postou em um grupo de Presidente Altino que havia visto dois homens capturando pombos na Praça Laurindo de Camargo, no bairro. “Existem algumas pessoas que estão caçando esses pombos aqui no nosso bairro para serem vendidos para fins alimentícios”, relatou.

Leia também
Homens são flagrados no calçadão de Osasco capturando pombos para vender a buffets

“Vi dois homens caçando essas aves na Praça Laurindo de Camargo e quando as pessoas acabaram indagando os mesmos para que fim seriam as aves, os mesmos fugiram e desapareceram. Porém, hoje de manhã novamente na mesma Praça um morador deu de cara com os mesmos homens e de novo com um carrinho de mão e uma grande gaiola feita de palha”, denunciou o internauta, no dia 28 de julho.

“É muito importante que fiquemos atentos, pois não sabemos para que fim essas aves estão sendo usadas, pois como os mesmos possuem carne branca, podem ser usados em coxinhas, empadinhas e vai se saber para o que mais…”, emendou.

Página 3 de 61