Página 6 de 54

forum

forum (Foto: Luciano Benazzi)

Nati Martins

Nati Martins (Foto: Divulgação)

(Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

O Nestlé/Osasco fechou a 4ª renovação de contrato em seu atual elenco, que foi vice-campeão da última Superliga. A central Nati Martins fica para mais uma temporada, juntando-se à também central Bia, à levantadora Carol Albuquerque e à ponteira Tandara. A meio de rede de 32 anos é natural de Lorena, interior de São Paulo, e é também a primeira atleta profissional surda da modalidade no País. Ela perdeu 70% da audição ainda na infância. A central chegou ao time de Osasco em 2016, disposta a encarar o desafio de disputar uma posição que já teve Thaisa e Adenízia como titulares por quase uma década. "Tivemos um ano muito positivo. Soubemos sair de situações que jamais imaginaríamos. Perdemos, vencemos, caímos e levantamos. Rimo e choramos. Acima de tudo, fomos guerreiras e nos respeitamos", avalia. Embora esteja nas quadras desde os 11 anos, Nati já disputou outra modalidade. Seu primeiro esporte foi a ginástica olímpica. "Como eu já era alta, a professora de educação física me indicou o vôlei. Comecei e, mesmo com a deficiência, o esporte me deu forças para me superar e vencer. Tenho o problema de audição, mas treino normalmente como todas as outras ogadoras", afirma a atleta. Acostumada a jogar com aparelho auditivo, ela precisou retirar o equipamento para ter a primeira experiência em competições de surdos, no ano passado. Representou o Brasil nos Jogos Pan-Americanos e levou a Seleção Brasileira à conquista da medalha de prata. A equipe perdeu a decisão para os Estados Unidos, mas, Nati foi eleita a melhor jogadora do campeonato.

Processo será mecanizado, permitindo separar 150 toneladas de recicláveis por dia e gerando 600 empregos, além der reduzir o envio de detritos para o lixão

Processo será mecanizado, permitindo separar 150 toneladas de recicláveis por dia e gerando 600 empregos, além der reduzir o envio de detritos para o lixão (Foto: Serginho Gobatti)

(Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

Das cerca de 800 toneladas/dia de lixo recolhidas em Osasco, 150 toneladas são de materiais recicláveis. Mas, que, hoje, não são reaproveitados, indo parar direito no aterro sanitário. Para mudar esse quadro,  a prefeitura vai implantar, no bairro do Km 21, uma Central Mecanizada de Triagem, projeto que deve gerar cerca de 600 vagas de emprego (150 diretas e 450 indiretas), além de reduzir a quantidade de material que é enviada ao lixão. A implantação ficará a cargo da empresa EcoOsasco, que hoje já opera a coleta e administra o aterro. Na última sexta-feira, o prefeito Rogério Lins visitou a EcoUrbis Ambiental, concessionária responsável pela coleta, transporte e destinação adequada de resíduos domiciliares em bairros das zonas Sul e Leste da capital paulista e que realiza projeto semelhante ao que será implantado em Osasco. Sua Central Mecanizada de Triagem (CMT) permite a separação de até 250 toneladas de materiais por dia, através de sistema de esteiras, controle computadorizado e agentes ambientais. Após a separação, os materiais são prensados em fardos que são comercializados com as empresas de reciclagem e transformação.  “A gente veio visitar o que existe de mais moderno no Brasil em termos de tratamento de resíduos sólidos, porque queremos levar para Osasco uma política ecologicamente correta. Então, além de Osasco se tornar uma cidade sustentável, vamos abranger também três áreas importantes: a destinação correta para mais de 150 toneladas de materiais recicláveis por dia; criar emprego e renda e ainda gerar receitas para o município”, disse o prefeito. O prazo de implantação do projeto não foi divulgado pela prefeitura.

Neste sábado e domingo, dias 10 e 11 de junho, acontece a 8ª edição do Japan Matsuri, festival da cultura japonesa idealizado pela Acenbo, com apoio da Prefeitura de Osasco.

Este ano, o Japan Matsuri terá quatro principais áreas: shows, exposições e workshops, gastronomia e bazares. O público poderá apreciar as melhores atrações de palco da cultura nipo-brasileira; as exposições relacionadas as artes e participar de workshops para vivenciar um pouco das tradições trazidas pelos imigrantes japoneses.

No setor gastronômico os atrativos são os pratos da culinária japonesa, que recebeu da Unesco o registro de patrimônio imaterial da humanidade.

Fotos: divulgação

As crianças também encontrarão o seu espaço para experimentar e desenvolver as habilidades nas artes como: pintura, origami, trabalhos manuais, montagem de pipas e outras no Espaço da Criança.

O setor de bazares contará com grande variedade de produtos artesanais e industriais, nacionais e importados modernos. Como destaque da programação acontecerá a apresentação do Grupo de Teatro e Cosplay Hokage. Outros destaques serão o show de taikô e o encontro de culturas com apresentação de dança do ventre.

Apresentações musicais estão entre as atrações

Haverá transporte de vans saindo de vários pontos da cidade com destino ao festival. A vans terão intervalo de 15 minutos de uma para outra. A programação completa do evento pode ser vista no site do 8º Japan Matsuri (www. japanmatsuri.com.br)

“É um reconhecimento à cultura e à participação dos imigrantes japoneses na construção da nossa cidade”, diz prefeito

Na segunda-feira, 5, o prefeito de Osasco, Rogério Lins (PODE), reuniu-se com a diretoria da Acenbo para falar sobre o festival. “O Japan Matsuri faz parte do Calendário Turístico do Estado de São Paulo e está no Calendário Oficial de Osasco. É um reconhecimento à cultura e à participação dos imigrantes japoneses na construção da nossa cidade”, disse

Serviço

8º Japan Matsuri
Acenbo – rua Acenbo, 100, Jardim Umuarama
Sábado, dia 10, das 10h às 22h
Domingo, dia 11, das 10h às 20h
Ingressos para acesso
R$ 7,00 (antecipado)
R$ 10,00 (bilheteria)
Mais informações: www.japanmatsuri.com.br

Neste sábado e domingo, dias 10 e 11 de junho, acontece a 8ª edição do Japan Matsuri, festival da cultura japonesa idealizado pela Acenbo, com apoio da Prefeitura de Osasco.

Este ano, o Japan Matsuri terá quatro principais áreas: shows, exposições e workshops, gastronomia e bazares. O público poderá apreciar as melhores atrações de palco da cultura nipo-brasileira; as exposições relacionadas as artes e participar de workshops para vivenciar um pouco das tradições trazidas pelos imigrantes japoneses.

No setor gastronômico os atrativos são os pratos da culinária japonesa, que recebeu da Unesco o registro de patrimônio imaterial da humanidade.

Fotos: divulgação

As crianças também encontrarão o seu espaço para experimentar e desenvolver as habilidades nas artes como: pintura, origami, trabalhos manuais, montagem de pipas e outras no Espaço da Criança.

O setor de bazares contará com grande variedade de produtos artesanais e industriais, nacionais e importados modernos. Como destaque da programação acontecerá a apresentação do Grupo de Teatro e Cosplay Hokage. Outros destaques serão o show de taikô e o encontro de culturas com apresentação de dança do ventre.

Apresentações musicais estão entre as atrações

Haverá transporte de vans saindo de vários pontos da cidade com destino ao festival. A vans terão intervalo de 15 minutos de uma para outra. A programação completa do evento pode ser vista no site do 8º Japan Matsuri (www. japanmatsuri.com.br)

“É um reconhecimento à cultura e à participação dos imigrantes japoneses na construção da nossa cidade”, diz prefeito

Na segunda-feira, 5, o prefeito de Osasco, Rogério Lins (PODE), reuniu-se com a diretoria da Acenbo para falar sobre o festival. “O Japan Matsuri faz parte do Calendário Turístico do Estado de São Paulo e está no Calendário Oficial de Osasco. É um reconhecimento à cultura e à participação dos imigrantes japoneses na construção da nossa cidade”, disse

Serviço

8º Japan Matsuri
Acenbo – rua Acenbo, 100, Jardim Umuarama
Sábado, dia 10, das 10h às 22h
Domingo, dia 11, das 10h às 20h
Ingressos para acesso
R$ 7,00 (antecipado)
R$ 10,00 (bilheteria)
Mais informações: www.japanmatsuri.com.br

Página 6 de 54