Quarta, 01 Março 2017 01:06

DEMOCRACIA, LIBERDADE E SINCERIDADE Destaque

Por Marco Aurélio Rodrigues Freitas - Sexta-feira, sai da escola no intervalo das aulas da manhã e fui até à padaria comprar um bolo para a inspetora que se aposentava no dia. Quando estava pagando minha compra, fui abordado por dois amigos, que queriam conversar comigo sobre a última matéria do PlanetaOsasco, e que tem como manchete a seguinte frase: “Rogério Lins é ‘incapaz’ de negociar tarifa de ônibus". Os dois me diziam: é verdade, o atual Prefeito falou que ia baixar o preço da tarifa de ônibus em janeiro.  Agora viu que não dá. Como diz o “jornal” Planeta: é ‘incapaz’.

PLANETAOSASCO QUER DEMOCRACIA, LIBERDADE E SINCERIDADE

O site PlanetaOsasco tem feito o que toda a imprensa deveria fazer. Dar voz ao debate na sociedade, informar a população, sem medo.  O papel da imprensa independente é esse, trazer todas as informações sempre, mesmo que isso desagrade os poderosos. Assim, caminha uma sociedade livre.

Nos últimos meses, o PlanetaOsasco tem trazido para a sua página informações sobre problemas da cidade, que se agravaram muito em janeiro e fevereiro deste ano. Os dois primeiros meses de uma nova administração, confusa, sem projeto para a cidade e que busca incessantemente as luzes do sucesso, sem merecê-lo. No poder público não há soluções fáceis, na democracia todas elas precisam ser exaustivamente debatidas com todos os setores da sociedade, para que no final, encontre-se uma saída minimamente boa para todos.

Não vale a saída da Censura, como mostrou a matéria do Planeta “Governo de Osasco estaria Censurando Comentários nas Redes Sociais”. não vale fingir que não sabe, como mostrou nosso site na matéria “INTERNAUTAS DENUNCIAM ESTADO DE ABANDONO DO CEMITÉRIO SANTO ANTÔNIO”. Não vale acreditar que uma canetada pode dar soluções para problemas de décadas ou anunciar que vai mudar a função de um prédio que foi pensado para administrar e não para ser hospital, sabendo que não dá.

As redes sociais têm uma grande qualidade, revelam o sentimento de uma sociedade. Na matéria sobre o transporte, “Rogério Lins é ‘incapaz’ de negociar tarifa de ônibus", dos mais de 172 comentários do face, apenas quatro criticaram a divulgação da informação. Esses quatro tentaram dizer que tudo está muito bem e que – graças a Deus - o velho PT foi embora. Com Temer, Alckmin e Dória barbarizando, todo mundo já sabe que o verdadeiro problema não é o PT...

Todos sabem que os problemas do governo são outros: falta de projeto político/administrativo, incapacidade de dialogar com todos os setores da sociedade, extrema dificuldade em coordenar apoiadores antagônicos e com muitos interesses, uma vontade estranha de controlar toda a imprensa local e regional, pensar que tudo se resolve com uma canetada, ouvir pouco o povo e, o mais triste, pintar o mundo de cor-de-rosa nos bastidores, como se vivêssemos todos sob um céu de brigadeiro.

Vivemos um dos momentos mais difíceis no Brasil. Temos um Governo Federal que quer jogar no lixo tudo de bom que foi construído para o povo brasileiro excluído e pobre nos últimos 30 anos, buscando sem disfarce a retirada de direitos fundamentais como a aposentadoria. Temos um Governo Estadual truculento e falacioso, que bate em manifestantes, que prende estudantes, que mente sobre os problemas de transporte coletivo e não cuida da saúde e educação. Por fim, em Osasco, temos um governo confuso, que não sabe para onde vai. Quer TEMER e ALCKMIN, mas diz não querer. E, ao segui-los, reproduz o mesmo modelo de administração: governar para poucos, mas dizer que é para todos. Espero que não faça também como TRUMP, que agora proibiu a imprensa de participar das entrevistas coletivas presidenciais nos EUA. TRUMP quer falar só para os amigos, se é que algum dia teve amigos!!!

Marco Aurélio Rodrigues Freitas é jornalista, historiador e professor das redes municipal e estadual de São Paulo. Escreve todas as semanas no site Planeta Osasco. 

Autor

Redação