Quinta, 13 Abril 2017 04:20

PSD, de Lau Alencar, rejeita governo Lins e fará oposição Destaque

O PSD, partido do ex-secretário de segurança de Osasco, Lau Alencar, definiu que –após 100 dias de governo Lins- os resultados foram pífios. A legenda optou pelo que definiu como 'oposição construtiva'.

Para Lins, a manifestação do PSD é dura e cita como motivos as investigações do MP, a insegurança, precariedade na saúde, crise entre aliados e muitos outros fatores.

Com bens bloqueados e diante de uma crise política interna profunda, Rogério Lins acaba de ter mais uma dura notícia. Seu isolamento irá aumentar.

Nota-se que, para grande parte da população de Osasco, o Governo não consegue elaborar nada, tornou-se apenas reativo e suas melhores práticas são apenas zeladoria (e insuficiente). No entanto, os investimentos em propaganda e marketing são constantes.

Leia a nota na íntegra;

 

Nota de esclarecimento:

O PSD de Osasco, em reunião na noite desta quarta-feira, 12, através de sua Comissão Diretora Municipal, membros e filiados, deliberaram questões políticas partidárias e políticas públicas. Na pauta, entre outros assuntos, estava à deliberação sobre o posicionamento político do partido a respeito da gestão do governo Rogério Lins Vanderlei.

Após discussão e manifestação de seus membros, por grande maioria expressiva, optaram pela oposição ao governo atual. Após a análise de 100 dias de governo, pode-se perceber que o PT - Partido dos Trabalhadores, está diretamente ligado a administração com a maior participação no secretariado e com mais espaço do que qualquer partido que está diretamente ligado ao governo, inclusive, o partido do próprio prefeito.

As ações e investigações do Ministério Público que acabou culminando na prisão do prefeito, a ação criminal e a de improbidade, a recente decisão da justiça de bloqueio dos bens do prefeito, tudo isso requer cautela e cuidado para não se fazer juízo de valor e condenação sumária. Mas é inegável que tudo isso seja esclarecido dentro dos ditames da lei e com a maior transparência possível.

Os recentes fatos ocorridos na cidade divulgados através da grande mídia com as notícias de ocorrências de pancadões, chacinas, ônibus incendiados, moradores assustados com a sensação de caos e pânico, saúde precária, crise política entre aliados, falta de cumprimento da política salarial de servidores, falta de comando e liderança, foram alguns dos fatores decisivos que contaram para o posicionamento do partido.

Seremos fiscais da sociedade, faremos uma oposição construtiva, justa e responsável. Não vamos torcer pelo ¨quanto pior melhor¨, seremos vigilantes e austeros, quanto à aplicação do orçamento e sua real destinação e finalidade nas áreas da Saúde, Educação, Segurança e o Social. Por fim, queremos reforçar o compromisso do PSD na prevenção e combate à corrupção, em todas as suas formas e reafirmar nosso compromisso com a transparência, respeito no trato da coisa pública, a Integridade e Ética. Esperamos o devido respeito ao nosso sagrado princípio da liberdade de escolha. Osasco merece respeito, Viva Osasco. Paz e Bem!

PSD – OSASCO

 

Via Coletivo de Mídia Independente de Osasco

IMG Correio Paulista

Autor

Redação