Sábado, 06 Maio 2017 16:34

Coletivo NÓS DE OZ celebra 4 anos de vida neste domingo Destaque

O NÓS DE OZ é um dos principais coletivos culturais da Grande Oeste, formado por intelectuais, militantes, ativistas e com experimentações que ultrapassam até mesmo as fronteiras do Brasil.

Possuem sede, publicam uma revista, são organizados e prepararam uma festa plural de rua para o dia 07, domingo, no Centro de Osasco, em comemoração ao aniversário do coletivo. Sinta-se convidado.

Quem são

O Coletivo NÓS DE OZ prova a necessidade de uma frente para discussão de temas que levam às transformações sociais; e realiza isso na prática.

Criado há 4 anos, eles são contra a elitização da cultura, provocam e interferem politicamente, defendem melhor uso dos espaços públicos e não buscam lucro por isso.

O PlanetaOsasco conversou com três membros do coletivo; Luciano Lub, Cintia Sales e Dario Bendas. São nítidos o engajamento e a capacidade de organização, além da atuação permanente em diversos fronts.

Para eles, o importante é ampliar a participação das pessoas e despertar a coragem de mudar o mundo. ‘A nossa revista é uma forma de dar voz ao coletivo e aos agentes culturais, além de provocar reflexões nesta cidade', afirma Dario Bendas.

Para Luciano Lub, ex-secretario da cultura da cidade de Osasco, ‘mesmo com as dificuldades de financiar um coletivo, é necessário ter coragem para difundir políticas que sirvam como ferramentas para os agentes culturais e condensar ideias para aproximar o público de quem produz arte'.

O espaço do NÓS DE OZ, no centro de Osasco, ao lado da biblioteca e da escola de artes, é um oásis de cultura e arte que prova ser possível reunir num único espaço o Samba raiz e o Rock pesado, do teatro mambembe ao carnaval de rua. Vai, também, do grafite ao jornal mural, do palco à roda de conversa.

Cintia Sales, ex-coordenadora de Juventude de Osasco, confirma nossa percepção. ‘O espaço que construímos é plural, com viés cultural e artístico, inspirado em movimentos genuinamente populares, como o Mutirão Cultural na Quebrada e núcleos de base’.

O NÓS DE OZ participa ativamente das discussões de políticas públicas em Osasco, tendo –inclusive- lançado uma campanha para a vereança em 2016, sob o mote da utopia virar realidade e a provocação de reflexões.

A iniciativa gerou o apoio de quase 1.000 pessoas, reverberando entre as campanhas alternativas mais documentadas daquela eleição.

SOBRE A FESTA

Música, dança, artesanato e teatro neste domingo, 7 de maio, a partir das 14h, em frente a sede do Coletivo NÓS DE OZ, na Rua Ten. Avelar Pires de Azevedo, Centro de Osasco (ao lado da Biblioteca Municipal).

Para festejar haverá intervenções de dança:

Dança cigana (com Rosas Cyganas), Samba Rural Paulista (com o Pé Vermêio - Santana de Parnaíba e região), Roda de Capoeira (com a República Cultural de Palmares) e Dança Experimental (com Katie Carnicelli - PUC).

E no som várias presenças confirmadas:

Duo Libertad com música latino americana, Samuel Batista com mpb, Projeto Café com Leite, Blues Shot, Samba do grupo Nossa Origem, Rap com Bagda Café Artesanato e comida vegana com o grupo Coletivas. Teatro com a peça "A Fulana" - do grupo Lira dos Autos

Autor

Redação