Santana de Parnaíba moradores organizam abaixo assinado para salvar lago Lago volta a encher depois das chuvas recentes, até quando a natureza resistirá?
Sábado, 25 Novembro 2017 13:56

Santana de Parnaíba moradores organizam abaixo assinado para salvar lago Destaque

Por Cintia Sales - Pegos de surpresa pela prefeitura, que esgotou em dois dias o lago localizado no Bairro Refúgio dos Bandeirantes este mês, os cidadãos de Santana de Parnaíba protocolaram junto à prefeitura um pedido de informações sobre projetos para a área e licenciamento ambiental para a obra.

O bairro Refúgio dos Bandeirantes está localizado na beira da estrada dos Romeiros, entre Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus, atualmente concentra um número considerável de famílias e comércios, entretanto é conhecido principalmente pelo aterro sanitário da TECIPAR, que recebe o lixo de quase todas as cidades vizinhas. Neste bairro, onde a população acostumou-se a ver e cheirar os caminhões de lixo, existe, há mais de 40 anos um lago de mais de 15000m², o qual atrai visitantes até de outras cidades para pescar, nadar ou simplesmente reunirem-se às suas margens, em torno deste lago diversos comércios se desenvolveram e atualmente são uma das principais fontes de renda do bairro.

Por muitos anos o Refúgio dos Bandeirantes foi um bairro ignorado pela administração municipal de Santana de Parnaíba, porém nos últimos anos, a especulação imobiliária da cidade despertou diversos interesses em áreas ainda em desenvolvimento. O asfalto chegou, e as obras de uma unidade de saúde já se iniciaram, a grande dúvida dos moradores é o que será feito do lago. Segundo relatos, o atual prefeito, Elvis Cezar, teria afirmado durante a campanha de 2016 que o bairro receberia um Parque Municipal e que este incluiria o lago em seu projeto, sendo o primeiro da cidade neste modelo, porém tais palavras permaneceram somente na lembrança dos eleitores, já que a Prefeitura não apresentou qualquer projeto ou fez qualquer declaração de que isto seria de fato realizado.

Na última semana iniciou-se no bairro a construção de uma UBS, uma notícia que deveria ser somente motivo de alegria levantou preocupações quando as máquinas deixaram o terreno da obra e foram em direção ao lago. “Eu vi quando o trator foi até lá e abriu o lago, em meia hora a água tava quase toda seca.”, afirmou um dos moradores. Outros relataram que depois de algumas reclamações as máquinas retornaram ao local e refizeram a barreira, porém de maneira precária, uma vez que a vegetação que estruturava a terra não está mais presente.

João Victor de Morais Leite, morador do bairro e um dos organizadores do abaixo assinado afirmou que o desejo da população não é impedir que as obras aconteçam, mas que os moradores do bairro sejam ouvidos e contemplados. “Nós sabemos do problema que um lago aberto representa para a prefeitura, entendemos a preocupação com doenças e acidentes, mas queremos que todos saibam que secar o lago não é uma solução, nós queremos a construção de um parque em seu entorno, que valorize e proteja o meio ambiente enquanto serve de equipamento de lazer para a população de maneira segura e organizada. Nós sabemos que isso é possível, é só olhar o exemplo do Parque Municipal de Barueri”.

De acordo com a Lei de Acesso à informação, a Prefeitura de Santana de Parnaíba tem vinte dias para apresentar aos munícipes o projeto e o licenciamento ambiental da obra a ser realizada no lago do bairro Refúgio dos Bandeirantes, o tempo está correndo.

Texto e foto Cintia Sales

Colaboração André Bastianon

Autor

Redação