Quarta, 10 Janeiro 2018 01:43

'Engolindo Sapo' se apresenta no próximo dia 21 em Osasco Destaque

Um fantástico solo de humor de Renato Scarpin em única apresentação em Osasco. Ingressos promocionais com 60% de desconto, por apenas R$25,00 para todos os públicos (acima de 12 anos).

Comprar ingresso


RENATO SCARPIN FAZ ÚNICA SESSÃO DO SEU SOLO DE HUMOR ‘ENGOLINDO SAPO… PRA UM DIA COMER PERERECA’ EM OSASCO

Texto escrito e interpretado por Renato Scarpin, há 8 anos com sucesso de público, traz teatralidade à cena de espetáculos solos com a apresentação de personagens de humor

O espetáculo ENGOLINDO SAPO… PRA UM DIA COMER PERERECA, concepção do ator e diretor Renato Scarpin, se apresenta em Osasco, no domingo, dia 21 de janeiro, às 20h, no Teatro Municipal Glória Giglio. Trata-se de um espetáculo solo de humor com uma proposta diferente, já que Scarpin intercala momentos de ‘cara limpa’ com personagens inteligentes, inéditas e inusitadas. O subtítulo da peça é uma metáfora, uma brincadeira sobre os sapos que a gente engole na vida, em todos os aspectos do dia a dia, pra quem sabe um dia conseguirmos algo bom, alcançarmos um objetivo de sucesso.

Em uma época onde as temporadas de teatro são cada vez mais ‘encurtadas’ devido à pouca audiência, o espetáculo, que continua surpreendendo o meio artístico e o público, vem sendo estendido e completa, em 2018, nove anos consecutivos de sucesso em cartaz.

No espetáculo, o ator faz uma ácida, porém bem-humorada, crítica à política de impostos do Brasil; às dificuldades de usar o sistema bancário self-service; satiriza as divergências de postura de um casal e da relação entre familiares, entre outras coisas. O ator brinca com o mundo moderno e todas as suas peculiaridades. Revela situações que todos nós passamos, mas nunca paramos para pensar em seu lado cômico, mostra de forma hilária as diversidades e idiossincrasias nas relações entre homem e mulher, amigos, família, chefes ou funcionários, enfim, a intrigante relação humana.

Intercalando esses momentos de sátira e descontração, o ator interpreta quatro personagens improváveis: o Sapo da Cantareira, isso mesmo, um sapo que vive na Cantareira e está sofrendo com a falta d’água em São Paulo e com os problemas políticos do momento. Mohamed, um terrorista árabe que só se dá mal no Brasil. Nicanor, um idoso que tenta aprender computação, mas encontra todas as dificuldades de se dominar uma nova tecnologia e linguagem tão distantes de sua geração. E, por fim, Marigreides, uma empregada louca e atrapalhada que entende tudo errado.

Divertido, para todas as idades, com muita crítica social embutida entre uma risada e outra, impossível não se identificar com as atitudes e situações retratadas. O público terá a sensação de ver algo novo, não apenas mais um Stand-up Comedy; e sim um show de humor com um texto rico, inovador, inteligente e muito engraçado.

 

Comprar ingresso promocional

Autor

Redação