Osasco

Jovens do CASA Osasco I alcançam empregabilidade

Conteúdo exclusivo:
  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report

Quatro adolescentes que cumpriram medida socioeducativa no CASA Osasco I, em Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo, conquistaram duas vagas de emprego e duas posições como aprendizes na área de serviços no último trimestre. A empregabilidade dos jovens se deu ainda durante o período de internação.

As conquistas resultaram de duas estratégias: uma da equipe multidisciplinar do centro socioeducativo da Fundação CASA, que buscou uma oportunidade de emprego, e outra do cadastramento de todos os jovens então internados junto à Secretaria de Emprego, Trabalho e Renda (SETRE) da Prefeitura de Osasco, para concorrerem a vagas de emprego ou aprendizagem que combinassem com seus perfis profissionais.

“A inserção desses jovens no mercado de trabalho demonstra o desejo deles de traçar um futuro diferente do passado que os trouxe para a Fundação CASA”, afirma o secretário da Justiça e Cidadania e presidente da Fundação CASA, Fernando José da Costa.

Em setembro, todos os adolescentes então internados no CASA Osasco I foram cadastrados pela SETRE no Sistema Nacional de Empregos (SINE) e passaram por capacitação sobre processo de seleção.

Um grupo de 21 jovens conseguiu encaminhamento para entrevistas, pois possuíam perfil mínimo para as vagas. No final, três conseguiram colocação no mercado de trabalho, concorrendo em pé de igualdade com outros candidatos.

“Promover ações que foquem na empregabilidade de recortes específicos da população, historicamente e estatisticamente com mais dificuldades em ingressar ou reingressar no mercado de trabalho, é dever do poder público. Por isso, essa parceria com a Fundação CASA é mais do que honrosa. É, de fato, uma missão. Então, acompanhar esses resultados exitosos nos dá a certeza de que estamos no caminho certo”, comenta Gelso Lima, Secretário de Emprego, Trabalho e Renda de Osasco.

Já o quarto adolescente empregado alcançou a vaga depois de participar da oficina de empregabilidade realizada pela equipe do centro socioeducativo, numa iniciativa focada em jovens com idade a partir dos 14 anos, que é a idade mínima constitucional para a aprendizagem.

“Toda essa ação só foi possível pelo envolvimento dos servidores do centro socioeducativo e do trabalho em rede com a SETRE, que acreditou na iniciativa, e o Poder Judiciário, Ministério Público Estadual e Defensoria Pública, que abraçaram a causa e sempre nos auxiliam”, explica a diretora do CASA Osasco I, Fabiane Valentim Koetz.

Imagem: Jean Bueno

Conteúdo oficial – Verificado

Disclaimer – (English version>) This content has been prepared based on information from research, additional publications, or the translation/verification work of a volunteer editor of this web council. This is a non-profit service. It is strongly recommended that all details and information published be carefully verified. We never allow medication recommendations, medication package inserts or any medication guidance. We never allow partisan politics as information.

Isenção de responsabilidade – (versão em português): Este conteúdo foi preparado com base em informações de pesquisas, publicações adicionais ou no trabalho de tradução/verificação de um editor voluntário deste conselho web. Este é um serviço sem fins lucrativos. É altamente recomendável que todos os detalhes e informações publicadas sejam verificadas cuidadosamente. Nunca permitimos recomendações de medicamentos, bulas ou qualquer orientação sobre medicamentos. Nunca permitimos a política partidária como base para checagem. Para mais informações, leia nossos termos.

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report
Mostrar mais

CORE

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito.