Observatório

Meio ambiente: SP fortalece conservação de cavernas e visa promover o turismo no estado

O governo de São Paulo anunciou uma série de medidas para fortalecer a conservação de cavernas e ampliar o alcance do programa Pró Juçara. O objetivo é aumentar o potencial turístico em locais pouco visitados e promover a sustentabilidade ambiental.

Para isso, o Conselho do Patrimônio Espeleológico do Estado de São Paulo (CPESP) foi reorganizado para contribuir com políticas de proteção, pesquisa e manejo responsável das cavernas. “O objetivo é fortalecer esse conselho, que é técnico e busca se manifestar em relação aos estudos ambientais, planos de manejo, dentre outros tipos de manifestações técnicas, explica o subsecretário de meio ambiente, Jônatas Trindade.

Isso inclui apoio técnico para cavernas fora de Unidades de Conservação, visando o turismo sustentável. Atualmente, São Paulo tem 891 cavernas registradas, especialmente no Vale do Ribeira, com destaque para a Caverna do Diabo, uma importante atração turística.

Caverna do Diabo, é uma das maiores cavernas do Estado

Além disso, o governo lançou um novo edital para aquisição de sementes de palmeira juçara, pagando um valor maior aos produtores, visando repovoar a espécie e promover alternativas econômicas sustentáveis para comunidades tradicionais.

O programa Pró Juçara também oferece pagamento por serviços ambientais a produtores que plantam a palmeira, buscando desestimular a extração do palmito e promover atividades sustentáveis.

Conteúdo Oficial – Gov SP

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

Matheus V.

Verifico e produzo notícias de Osasco, Barueri e região, monitoro o portal da transparência da cidade e faço checagem de licitações e compras públicas.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax