Barueri

Plenário aprova orçamento de Barueri para 2024 — Câmara Municipal de Barueri

O plenário da Câmara de Barueri aprovou na quarta-feira, 22, em segunda votação, o Projeto de Lei 71/2023, que trata do orçamento municipal para 2023.

O texto, de autoria do prefeito Rubens Furlan (PSB), estima a receita (total a ser arrecadado pela Prefeitura) e fixa as despesas da municipalidade no ano que vem. A matéria passou pela primeira votação uma semana antes, na sessão de 14 de novembro.

Para se tornar a Lei Orçamentária Anual de 2024, o texto precisa ser sancionado pelo prefeito e publicado no Jornal Oficial de Barueri. A previsão apresentada pelo Poder Executivo é de arrecadar mais de R$ 5 bilhões, incluindo o orçamento do Ipresb (Instituto de Previdência Social dos Servidores Municipais de Barueri).

Antes de entrar em votação, o projeto de lei havia sido objeto de audiência pública na Câmara. Em 9 de novembro, a Comissão de Finanças e Orçamento da Casa apresentou oficialmente a proposta à população. O procedimento é previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Federal Complementar 101/2000).

Alterações LDO e PPA

Na mesma sessão, os vereadores também aprovaram em primeira votação outras duas propostas que envolvem o orçamento público, todas de autoria do prefeito: o Projeto de Lei 72/2023, que altera anexos da Lei Municipal 3.019/2023 (Lei de Diretrizes Orçamentárias 2024) e o Projeto de Lei 73/2019, que modifica anexos da Lei Municipal 2.889/2021 (Plano Plurianual 2022-2025). Ambas as propostas foram assunto na mesma audiência pública do dia 9 de novembro.



Conteúdo oficial

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

Matheus V.

Verifico e produzo notícias de Osasco, Barueri e região, monitoro o portal da transparência da cidade e faço checagem de licitações e compras públicas.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax