Destaques

Justiça de MG pede bloqueio de bens da cervejaria Backer

[CMIO]

A Justiça mineira entra com liminar de bloqueio de bens da cervejaria Backer para garantir a reparação dos danos causados aos consumidores que adquiriram e ingeriram as cervejas contaminadas.
 
O pedido ajuizado pelo Ministério Público de Minas Gerais, nessa terça-feira (12), também pede a disponibilização de um canal de comunicação, por parte da cervejaria, para informar a todos os consumidores sobre o que fazer diante do risco iminente de danos.
 
Para a Promotoria do Estado, a intenção é resguardar a indenização e o suporte imediato às vítimas, já que a cervejaria Backer não cumpriu o acordado extrajudicial com o Ministério Público de Minas Gerais, negando apoio aos consumidores que ingeriram as cervejas colocadas no mercado de consumo.
 
A promotoria ainda informou que continuam em andamento os procedimentos instaurados no Ministério Público do Estado para apuração do caso.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

Gabriel Martiniano

Jornalista profissional, fundador da Ticketbras e cidadão de Osasco

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax