Destaques

Justiça condena policiais militares a 52 anos e 6 meses de prisão por Chacina de Costa Barros

JUSTIÇA CONDENA PMS A 52 ANOS DE PRISÃO POR CHACINA DE COSTA BARROS
A Justiça do Rio condenou a 52 anos e seis meses de prisão os policiais militares Antônio Carlos Gonçalves Filho e Marcio Darcy Alves dos Santos pelo assassinato de cinco jovens em Costa Barros, na zona norte da cidade.
O crime aconteceu há quatro anos e ficou conhecido como Chacina de Costa Barros. O carro em que os jovens estavam foi atingido por 111 tiros. Acusado também de fraude processual, Antônio teve a pena aumentada em mais oito meses e cinco dias.
Também acusado, o PM Fabio Pizza Oliveira da Silva foi inocentado. Seu advogado sustentou a tese de que ele estava abrigado na hora dos disparos e que não participou do crime. O Ministério Púbico e os assistentes de acusação já entraram com recurso. O quarto acusado, o PM Thiago Resende Viana Barbosa, não foi julgado por estar sem advogado. Ele será assistido pela Defensoria Pública, e o julgamento ainda não foi marcado.
O julgamento, no II Tribunal de Juri, começou na quinta-feira (7) e só terminou na madrugada deste sábado (9). Foram ouvidas cinco testemunhas de acusação e sete de defesa.
Os cinco jovens voltavam de uma lanchonete no Parque Madureira, onde foram comemorar o primeiro emprego de um deles.//O grupo foi surpreendido por uma viatura da PM e confundido com bandidos que teriam roubado a carga de um caminhão de cerveja.//

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax