Destaques

Satélite sino-brasileiro CBERS 4-A está em órbita; lançamento foi feito a partir de Taiwan

Já passava da meia-noite no Brasil quando o satélite sino-brasileiro CBERS 4-A entrou em órbita.

O satélite foi lançado ao espaço na base chinesa de Taiwan acoplado a um foguete de 45 metros. O equipamento foi desenvolvimento em uma parceria do Brasil com o governo chinês e vai reforçar, por exemplo, o monitoramento da Amazônia e o desmatamento na região.

Para isso, conta com câmaras de alta tecnologia, duas brasileiras e uma chinesa, que conseguem registrar em detalhes as áreas monitoradas.

Uma das câmaras brasileiras vai gerar imagens de 16 metros de resolução, com registros de um mesmo local a cada 31 dias.

De carona com o CBERS, foi lançado também o Floripa SAT-1, um pequeno satélite projetado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Ele é capaz, por exemplo, de receber sinais de emergência em casos de catástrofes, como o rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais.

Acompanhe a íntegra da reportagem de Graziella Mendonça.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax