Destaques

Carvão ativado para limpeza da água no Rio chega neste final de semana

O primeiro dos três caminhões com o maquinário que vai ser utilizado para aplicar carvão ativado na água que abastece o Rio de Janeiro, chegou neste sexta-feira (17), à Estação de Tratamento Guandu.

De acordo com a Cedae, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos, o carvão vai neutralizar a presença de geosmina, uma substância orgânica que tem deixado a água com gosto e cheio de terra. O problema tem sido relatados por moradores da capital e da baixada fluminense desde o início do ano.

Mais dois caminhões devem chegar ainda neste fim de semana à estação da Cedae. Todos saíram do estado do Paraná e pelo tamanho dos equipamentos, o transporte é lento e precisa ser feito durante a noite.

Todo o conjunto consiste em um silo, dois tanques de preparo da suspensão do carvão ativado, uma caixa dosadora e uma bomba peristáltica. Carvão ativado que será dispersado pela máquina também deve ser entregue neste fim de semana.

Segundo a Cedae, a estrutura foi feita sob medida para atender ao porte da estação de tratamento, que é a maior do mundo em produção contínua. A companhia não informou, no entanto, em que dia exatamente a máquina entrará em operação, garantindo apenas que será na semana que vem.

E a crise hídrica da região metropolitana já virou assunto de polícia. A delegacia de Crimes Delegados está investigando se a ação de funcionários ou de gestores da companhia contribuiu para o problema. Agentes fizeram diligência na estação de tratamento de Guandu nesta sexta-feira (17), interrogaram funcionários.

Além disso, mais um gestor da Cedae foi afastado, em meio à crise. O Diretor de Saneamento da companhia, Marcos Chimmeli, foi exonerado nesta sexta-feira (17), dias após do chefe da Estação de Tratamento de Guandu, Cesar Antunes, também ser removido do cargo.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax