Destaques

Número de famílias endividadas no Rio de Janeiro tem leve aumento em maio

O número de famílias endividadas no Rio de Janeiro cresceu pelo segundo mês consecutivo, conforme levantamento da Fecomércio, Federação do Comércio do Rio de Janeiro. De 61,7% em março, mês em que começou a pandemia pelo novo coronavírus, o índice subiu para 62,5% em maio.
Segundo a Fecomércio, é natural que as famílias se endividem em um momento de forte redução dos seus rendimentos. A entidade aponta que o baixo crescimento da proporção de famílias endividadas pode na realidade sinalizar uma resistência à realização de empréstimos. O economista da Fecomércio Rafael Zanderer acha que o pós- confinamento vai deixar o rendimento das famílias ainda menor, o que afeta a economia.
O economista alerta para práticas que podem ajudar a lidar com dificuldades financeiras durante e após a pandemia.

Diante da significativa redução do emprego e da renda, o risco de inadimplência aumenta significativamente, o que diminui o número de bancos dispostos a emprestar.
O economista Rafael Zanderer destaca que, nesse caso, a negociação de débitos diretamente com as instituições é a melhor saída, diante da tendência atual de queda nas taxas de juros. Para o especialista, essa é a melhor maneira de ter mais folga no orçamento e diminuir o tamanho da prestação que será paga.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax