Destaques

ITA desenvolve equipamento capaz de identificar coronavírus no ar

Nos laboratórios do Instituto Tecnológico de Aeronáutica, o ITA, está sendo desenvolvido um equipamento capaz de identificar a presença do coronavírus no ar.

A inovação, segundo o Ministério da Defesa, deve ser finalizada em sete semanas.

O novo aparelho foi projetado a partir de tecnologia usada no monitoramento de nuvens radiológicas. Com a novidade, vai ser possível monitorar áreas de 50 metros quadrados e indicar possíveis riscos de contaminação pelo vírus nesses espaços.

Essa não é a primeira ação do ITA para auxiliar no enfrentamento à pandemia. A universidade disponibilizou um guia de fabricação de equipamento de proteção individual, baseado em normas e regulamentações. O manual traz dicas, por exemplo, de processo de impressão 3D.

O instituto atualmente também produz máscaras de proteção, em parceria com empresas, e confecciona peças para respiradores a serem utilizados em Unidades de Terapia Intensiva.

Em outra ação, a Divisão de Engenharia Civil do ITA desenvolveu um lavatório móvel de uso compartilhado que permite a higienização das mãos em locais públicos. O protótipo tem capacidade para ser acionado 600 vezes.

A universidade pública localizada em São José dos Campos, São Paulo, é subordinada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial da Força Aérea Brasileira.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax