Destaques

Hospital das Clínicas de Porto Alegre abre mais leitos de CTI

O Ministério da Educação anunciou hoje (16) que o Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) ampliou a capacidade de atendimento para casos do novo coronavírus. Em março, a pasta fez o repasse de R$ 57 milhões que foram investidos, principalmente, na criação de 46 leitos no Centro de Terapia Intensiva (CTI). Com a ampliação, a unidade passa a contar com 99 leitos de terapia intensiva. 
Do total repassado pelo MEC, o HCPA já investiu R$ 51,1 milhões. Além das novas vagas nos CTIs, também foram contratados 519 profissionais temporários das 775 vagas liberadas pelos ministérios da Educação e da Economia. 
O HCPA é referência no atendimento a casos graves do novo coronavírus no Rio Grande do Sul. De acordo com o MEC, a pandemia levou à necessidade de readequação do cronograma original de ocupação dos dois novos prédios concluídos no hospital em outubro de 2019. 
“Com o aporte desses recursos e vagas, o Clínicas está cumprindo importante papel no atendimento aos casos graves, não só de Porto Alegre, mas de vários municípios”, destaca a diretora-presidente do HCPA Nadine Clausell. “Diferentes equipes se mobilizaram para instalar uma estrutura tão complexa em tão pouco tempo com qualidade e segurança”, acrescenta.
O HCPA é uma instituição pública e universitária, integrante da rede de hospitais universitários do MEC e vinculada à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).
* Com informações da ascom do Ministério da Educação

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax