Brasil

Setor de serviços em São Paulo cresceu 17% em 2021

O faturamento do setor de serviços na cidade de São Paulo cresceu 17,5% no ano passado em comparação ao ano de 2020. É o que mostra a Pesquisa Conjuntural do Setor de Serviços, divulgada hoje (15) pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). A pesquisa utiliza informações baseadas nos dados de arrecadação do Imposto sobre Serviços (ISS) da cidade de São Paulo.

Uma das explicações para o crescimento é o fato do ano de 2020 ter sido fortemente impactado pela pandemia de covid-19, sem crescimento, e de 2021 ter marcado o início de recuperação para alguns setores. Segundo a Fecomercio, as atividades mais impactadas pela pandemia são as que dependem da maior circulação de pessoas, tais como o turismo, o lazer e alguns segmentos da indústria, que foram afetados pelo desabastecimento das cadeias produtivas.

Dezembro

Considerando-se apenas o mês de dezembro, as atividades do setor cresceram 9,2% em relação ao mesmo mês do ano anterior, com faturamento de R$ 60,3 bilhões.

Do 13 segmentos que compõem o indicador, apenas dois apresentaram queda em faturamento no mês de dezembro: agenciamento, corretagem e intermediação (-1,2%) e serviços bancários, financeiros e securitários (-8,9%). Já os serviços de turismo, hospedagem, eventos e assemelhados cresceram 78,7% em dezembro.

Para a FecomercioSP, o cenário para este ano ainda é de incertezas, não somente pela pandemia, mas por causa da alta dos juros, pela inflação elevada e pela instabilidade política.


Veja na fonte oficial – IMG Autor

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo