Destaques

Hydro cumpriu 17 das 34 obrigações acertadas após acidente no Pará

Desde que a Hydro Alunorte assinou um TAC, Termo de Ajustamento de Conduta, com o Governo do Pará e os Ministérios Públicos Federal (MPF) e Estadual (MPE), há um ano, a empresa norueguesa cumpriu 17 das 34 obrigações acertadas devido ao acidente na refinaria da mineradora, em Barcarena, no Pará. As demais estão em andamento.

Isso inclui cerca de R$ 65 milhões para o cadastramento e o pagamento das mensalidades à moradores de comunidades atingidas. Até o momento, 15.816 famílias recebem um cartão-alimentação.

Outros R$ 250 milhões foram destinados ao pagamento de seguro para realização de perícias, além de R$ 33 milhões em multas.

O acordo foi assinado depois que um vazamento na bacia de deposição de resíduos sólidos causou alagamentos nas dependências da empresa e em comunidades próximas, em fevereiro de 2018.

Nessa quarta -feira (27), representantes dos Ministérios Públicos Federal e do Estado do Pará, responsáveis por acompanhar o cumprimento do TAC, apresentaram o balanço para mais de mil pessoas, em Barcarena.

Os procuradores ouviram representantes de comunidades, como a de Conde Caripi e Fazendinha. A queixa é de que as famílias dessas áreas ficaram fora do TAC e não recebem os cartões-alimentação.

O presidente da Associação de Pescadores de Barcarena, João Batista Poça, afirmou que a pesca teve redução de 80%, mas que a categoria não foi indenizada.

O procurador da República Ricardo Negrini afirmou que novas perícias vão definir a ampliação ou não da área impactada.

A força-tarefa do MPF informou ainda que pretende utilizar R$ 5 milhões para expandir a rede de água tratada do município até as comunidades do entorno da Hydro Alunorte, atualmente sem saneamento.

Por meio de nota, a Hydro afirmou que mantêm diálogo constante com as comunidades e as autoridades do Pará. A empresa nega que houve vazamento ou transbordo dos depósitos de resíduos sólidos da Alunorte durante as chuvas de fevereiro de 2018.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax