Destaques

Produção de cana-de-açúcar cresce 3,6% ,segundo a Conab

Das 642 milhões de toneladas de cana-de-açúcar a serem moídas no Brasil, cerca de 65% serão destinados à produção de etanol, distribuídos nos subprodutos anidro e hidratado, e 35% para açúcar.
Isso representa um crescimento de 3,6% em relação à safra anterior. Já a área plantada diminuiu 1,35%, alcançando 8 milhões e 480 mil hectares.
Os dados estão no 3º levantamento da Safra de Cana 2019-2020, divulgado nesta quinta-feira pela CONAB, a Companhia Nacional de Abastecimento.
O fato da redução de área permitir o aumento da safra se deve à boa produtividade dos canaviais, que chega atualmente a 75,7 toneladas por hectare, um aumento de 4,9%.
Além disso, em algumas regiões, os cultivadores estão mudando as áreas de produção para as de renovação, em busca de maior produtividade.
A produção total de etanol, proveniente da cana-de-açúcar e do milho, é de 35 bilhões e 500 milhões de litros, com um crescimento de 7,2%, quando comparada à safra 2018-2019.
O etanol produzido a partir do milho está despertando o interesse dos produtores, e a Conab vem observando essa relevância na destinação do produto para combustível desde maio, quando começou a incluir o cereal em suas pesquisas.
A estimativa é de uma produção de 1 bilhão e 690 milhões de litros, com elevação de 114% frente a última safra.
O biocombustível na forma hidratada sinaliza a produção 1 bilhão e 200 milhões de litros, com crescimento de 120%, ao passo que o anidro chega a 463 milhões de litros e aumento de 2,6% do que o registrado no estudo anterior.

Os 35% da moagem da cana destinados à fabricação de açúcar vão permitir que se produza mais de 30 milhões de toneladas do subproduto, com um crescimento de 3,8%.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax