Destaques

Inflação foi maior para famílias com menor renda em dezembro

O Índice de Preços ao Consumidor Classe 1, o IPC-C1, que mede a inflação para as famílias com renda de até dois salários mínimos e meio subiu 0,93% no último mês de 2019.

O crescimento foi de 0,37 ponto percentual em relação ao mês de novembro. O resultado indica que o peso das despesas é maior para essas famílias do que para a média das famílias brasileiras, já que o IPC-BR, para o mesmo período, teve uma variação de 0,77%. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Nos últimos 12 meses a inflação para as famílias de menor renda ficou em 4,60%, enquanto o índice geral registrou 4,11%. Quatro das oito classes de despesas pesquisadas para o IPC-C1 apresentaram inflação com destaque para Alimentação, que subiu de 0,60% para 3,08%. Também ficaram mais caras as despesas com Transportes, Saúde e Cuidados Pessoais e Vestuário.

Os dados revelam o peso do preço de alguns produtos para essas famílias. As carnes bovinas foram as que mais influenciaram no resultado com subida de 7,56% para 16,02% na passagem de  novembro para dezembro. Outros itens que pesaram foram a gasolina, os artigos de higiene e cuidados pessoais e as roupas.

A inflação foi balanceada pela queda dos preços nos grupos Habitação, Despesas diversas, Educação, Leitura e Recreação e Comunicação, com destaque para a queda da tarifa de eletricidade, condomínio e telefone residencial, além do jogo lotérico e da passagem aérea.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax