Manchetes

Teatro em SP – Espetáculo retrata a experiência de escritor em Auschwitz

Prova em campo de concentração é peça gratuita em São Paulo

Espetáculo do Teatro Popular Casa de Bambu retrata a experiência vivida pelo escritor italiano Primo Levi no campo de concentração de Auschwitz. Contemplado pelo PROAC em 2015, retorna a diferentes bairros de São Paulo após receber o 6º Prêmio Zé Renato

Em curta temporada em São Paulo, a peça A Prova, do Teatro Popular Casa de Bambu, inspirada no livro É isto um homem?, de Primo Levi, retrata a situação vivida pelo autor em um exame de química que definiria seu futuro pelo regime nazista. A trama, em cartaz durante o mês de junho, faz um paralelo com os tempos atuais e questiona os mecanismos violentos de dominação contemporâneos.

Prisioneiro em Auschwitz, Primo é submetido a um teste de química para ocupar um cargo no setor de limpeza do campo de concentração. Químico de profissão, o italiano questiona o funcionamento da engrenagem que move o desenvolvimento desta prova, avaliada do ponto de vista da violência e da coação, e assim provoca falhas nesta estrutura.

Com dramaturgia do uruguaio Carlos Rehermann, o espetáculo traz em cena três personagens, vividos pelos atores Elton Santos, Ícaro Rodrigues e João Attuy, inspirados no teatro de máscara para assumir os papéis de Fiscal, Chefe e Primo. A direção e a dramaturgia do prólogo são de Vera Lamy.

Para o ator Ícaro Rodrigues o grupo questiona, um pouco além da situação vivida por Primo Levi.

“O Rehermann já traz isso, a trama é baseada na situação de Levi, mas abre para várias possibilidades e leituras, no aspecto poder. Não necessariamente deve ser lida naquele tempo, ela amplia para outros momentos da história da humanidade, onde isso aconteceu também. Mantivemos a base do texto e acrescentamos um prólogo e contextualizamos com outros locais, como o Brasil, por exemplo.”

Numa construção bufonesca, A Prova expõe a hierarquia social mantida pelo mecanismo de dominação e faz uma leitura histórica do mundo a partir da representação popular de temas complexos, uma das premissas artísticas do grupo.

O cenário, criado pelo coletivo, é um espaço sustentável, itinerante e de fácil montagem, baseado no conceito de bioconstrução. Utiliza o bambu como material principal e, nesta estrutura, o desenho cênico permite diferentes possibilidades de leitura do espetáculo, àqueles que acompanham a obra dentro da Casa de Bambu e para quem observa a distância.

O espetáculo também tem auxiliado no processo educacional, segundo observa Rodrigues:

“Percebemos nessas andanças que o espetáculo tem funcionado bem com as escolas e que podemos auxiliar no processo da educação. Fizemos parcerias com os CEUS e eles contataram as escolas da região para que estudantes e professores pudessem assistir. Tivemos desdobramentos em sala de aula e foi bom descobrir que também podemos atuar nesse meio”, destaca.

Em 2015 A Casa de Bambu foi contemplada pelo edital Proac, finalizou a montagem do espetáculo A Prova e circulou pelo interior de São Paulo, alguns bairros da capital e municípios da grande São Paulo. Dois anos após foi agraciada pela 6ª edição do Prêmio Zé Renato, e passou a circular com a peça A Prova em diferentes bairros da capital paulista.

 

Espetáculo A Prova

Onde | Biblioteca Gilberto Freyre
R. José Joaquim, 290 – Sapopemba, São Paulo  
Quando | 15 e 16 de junho – 11h

Onde | CEU Caminho do Mar
Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, 5241 – Vila do Encontro, São Paulo
Quando | 19 de junho – 10h e 15h

Onde | Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes
R. Inácio Monteiro, 6900 – Conj. Hab. Sitio Conceição, São Paulo  
Quando | 29 e 30 de junho – 16h.

Quanto | Gratuito

Duração | 60 minutos

Classificação | Livre

 

 

Texto | Elcio Silva

 

Sobre o Teatro Popular Casa de Bambu

Criado em 2013, o Teatro Popular Casa de Bambu surgiu a partir da união dos artistas Elton Santos, e João Attuy, egressos da Escola de Arte Dramática da USP (EAD) e de Ícaro Rodrigues formado em Letras pela FFLCH-USP e em Teatro pela Escola Livre de Teatro de Santo André. Os atores nutriam a vontade de levar suas pesquisas a todos os ambientes livres e culturais.

Inspirada na intervenção causada pela chegada do circo nas cidades, a Casa de Bambu é um espaço teatral, com características de fácil deslocamento e adaptação a outros lugares, que tem como objetivo alcançar regiões periféricas da cidade, geralmente desprovidas de espaços culturais.

 

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax