Destaques

IPTU deve ficar 3,28% mais caro no Distrito Federal

O governo do Distrito Federal definiu a base de cálculo para cobrança de IPTU e IPVA em 2020. Os valores estão em processo de envio para a Câmara Legislativa, que tem até o dia 15 de dezembro para devolver ao Executivo para sanção.
Os valores do IPVA permanecem os mesmos de 2019, reajustados apenas com o valor de mercado dos veículos conforme a tabela da Fipe, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas.
Já o IPTU terá uma atualização monetária de 3,28% sobre o valor de 2019 do terreno e metro quadrado construído, seguindo a variação do INPC, Índice Nacional de Preços ao Consumidor, registrada no período de setembro de 2018 a agosto de 2019.
Com isso, o GDF estima uma receita de mais de R$ 937 milhões com o IPTU. Já o IPVA deve render aos cofres do Governo cerca de R$ 1,1 bilhão.
São tributados no Distrito Federal mais de um 1,2 milhão de veículos e cerca de 920 mil imóveis.  Em 2019, 14% dos veículos ainda estão inadimplentes no pagamento do IPVA. No IPTU, o número de inadimplentes é maior, registrando 28% dos imóveis em atraso, mas ainda falta a sexta e última parcela.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax