Destaques

Indicador de Clima Econômico da América Latina cai pelo terceiro trimestre seguido

O Indicador de Clima Econômico da América Latina caiu pelo terceiro trimestre seguido, passando de 26,4 pontos negativos, em julho de 2019, para 28,2 pontos negativos, em outubro.

Entre os dois componentes do indicador, o de Expectativas para a região, apesar de se manter positivo, caiu de 17,2 para 15,5 pontos no mesmo período. O indicador da Situação Atual da América Latina também piorou, passando de -61,3 para -63,0.

Os dados divulgados nesta segunda-feira, pela Fundação Getulio Vargas, que apura o indicador em parceria com o instituto Alemão IFO, mostram que todos os países da América Latina pesquisados apresentaram queda, sendo que a maior foi na Argentina.//No Brasil, o indicador também registrou queda.

Os principais problemas enfrentados pelo Brasil são inadequação da infraestrutura, demanda insuficiente, falta de competitividade internacional e de inovação, corrupção, barreiras legais para investidores, falta de mão de obra qualificada, instabilidade política, aumento da desigualdade de renda e barreiras às exportações.

A pesquisadora da FGV, Lia Valls, enfatiza que o momento é de muita incerteza.

Segundo Lia Valls, a América Latina está com clima econômico menos favorável do que a média mundial desde 2013.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax