Destaques

Medida Provisória transforma Embratur em serviço social autônomo

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quarta-feira (27), a Medida Provisória que transforma a Embratur em um serviço social autônomo e passa a se chamar Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, em vez de Instituto Brasileiro de Turismo.

A medida tem a intenção de aumentar os recursos da Embratur, na promoção internacional do turismo brasileiro, sem receber recursos da união.

Ao todo, o orçamento da Agência passará de R$8 milhões por ano para U$120 milhões. O valor sairá de contribuições feitas pelas organizações do Sistema S, principalmente do Sebrae, que vai ceder 15,75% dos recursos para cobrir a medida.

O presidente da Embratur, Gilson Neto, afirma que com mudança o turismo brasileiro será capaz de captar novos visitantes ao país.

Para o Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a medida também beneficia o turismo doméstico.

A mudança começa a valer a partir da publicação, mas por ser uma Medida Provisória precisa ser aprovada em até 120 dias, pelo Congresso Nacional

A MP também extingue a taxa cobrada pelo Escritório Central de Arrecadação e distribuição, ECAD, sobre direitos autorais de músicas em quartos de hotéis e em cabines de navios de Cruzeiro.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax