Destaques

Em avaliação internacional, 2% dos alunos brasileiros têm nota máxima

Apenas dois a cada 100 estudantes brasileiros atingiram os melhores desempenhos em pelo menos uma das disciplinas avaliadas no Pisa – o  Programa Internacional de Avaliação de Estudantes.

Os dados, que são referência mundial, foram divulgados nesta terça-feira (3), pela OCDE – Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

O Pisa avalia, de três em três anos, o desempenho de estudantes de 15 anos em leitura, matemática e ciências. Em 2018, foi aplicado em 79 países e regiões a 600 mil estudantes.

No Brasil, cerca de 11 mil estudantes de mais de 600 escolas fizeram as provas.

O país obteve, em média, 413 pontos em leitura, 384 pontos em matemática e 404 pontos em ciências.

Apesar de uma leve melhora nas pontuações, em relação à última edição, de 2015, na avaliação da OCDE, o país está praticamente estagnado desde 2009.

As pontuações obtidas pelos estudantes colocam o Brasil no nível 2 em leitura, e no nível 1 em matemática e ciências, em uma escala que vai até 6.

Pelos critérios da OCDE, o nível 2 é considerado o mínimo adequado. De acordo com a organização, quase metade dos estudantes brasileiros, 43%, estão abaixo do nível 2 nas três disciplinas avaliadas.

O Brasil ficou abaixo das médias dos países da OCDE e atras de 56 países em leitura. Já em matemática, ficou atras de 69 países e, em ciências, de 63.

China e Singapura lideram os rankings das três disciplinas.

Da Agência Brasil, no Rio de Janeiro, Mariana Tokárnia.

* Texto e áudio atualizados às 11h39 de 03/12/2019.&nbs

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax