Destaques

Dezembro Laranja: contra câncer de pele, dermatologistas promovem mutirão de exames neste sábado

Você tem alguma marca na pele que coça, arde ou descama? Ou ainda feridas que não cicatrizam em até 4 semanas? Então você pode aproveitar este sábado (7) e fazer um exame gratuito para descobrir se o problema se trata de um câncer.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia promove um mutirão de exames com 4 mil profissionais em 130 postos de atendimento espalhados por 23 unidades da federação. Apenas os estados do Acre, Amapá, Amazonas e Tocantins ficaram de fora da mobilização.

Para conhecer os locais das consultas, basta acessar a página entidade no endereço: www.sbd.org.br. As consultas serão das 9h às 15h.

A previsão é atender 30 mil pessoas neste ano, na 21ª edição do mutirão. Em 2018, a ação resultou em mais de 26 mil atendimentos, sendo identificados mais de 3,8 mil casos de câncer, o que representa 14% do total de atendimentos.

O advogado José Alves Coelho conta que descobriu o câncer ao surgir na pele uma espécie de verruga que coçava.

Existem dois tipos de câncer de pele, o não melanoma, menos grave, mas que alcança o maior número de pessoas. Apesar da baixa letalidade, matou 1.958 pessoas em 2015. O outro tipo de câncer de pele é o melanoma, que tem uma letalidade alta, mas atinge menos pessoas, são cerca de 6 mil casos por ano.

O dermatologista Luiz Fleury alerta que é preciso conhecer o tipo mais grave da doença.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer José de Alencar (Inca), são diagnosticados, todo os anos, cerca de 180 mil casos novos da doença. De cada quatro casos de câncer no Brasil, um é de pele. A incidência é maior entre pessoas acima de 40 anos, mas também se manifesta nos jovens. O principal fator de risco é a exposição ao sol.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax