Destaques

Força Nacional de Segurança Pública poderá ser enviada ao Maranhão para garantir segurança de índios

Força Nacional de Segurança Pública poderá ser enviada ao Maranhão para garantir segurança de índios Guajajara que sofreram atentado no fim de semana
A Força Nacional de Segurança Pública poderá ser enviada ao Maranhão após atentado contra um grupo de índios guajajara nesse sábado. A afirmação foi feita pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, em sua conta no twitter.

No sábado, na BR-226, entre as aldeias Boa Vista e El Betel, no Maranhão, dois índios foram mortos e dois ficaram feridos na ação.

Até agora, o que se sabe é que tiros foram disparados de dentro de um veículo branco com vidros espelhados contra um grupo de índios. Quatro foram atingidos, sendo que dois morreram: Raimundo Benício Guajajara e Firmino Prexede Vituriano Guajajara. Um dos sobreviventes relata o que ocorreu.

SONORA 1:

Após o atentado, indígenas interditaram a rodovia BR-226 nos dois sentidos, a passagem de veículos continua bloqueada naquela região em três pontos.

A Polícia Federal, a Funai- Fundação Nacional do Índio e a Secretaria de Segurança Pública e de Direitos Humanos do Maranhão investigam o caso.

No começo de novembro, o líder indígena Paulo Paulino Guajajara morreu após uma emboscada no interior da Terra Indígena Arariboia, no município maranhense de Bom Jesus das Selvas. Além de Paulo, outro líder indígena, Laércio Souza Silva, também foi atingido por balas, mas sobreviveu ao ataque.

No Twitter, a Comissão Interamericana de Direitos Humanos, condenou os assassinatos dos Guajajara e convocou as autoridades para solucionar os casos com urgência.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax