Destaques

Operação contra fraudes em combustíveis no Rio prende cinco pessoas

Cinco pessoas foram presas nesta segunda-feira (9) no Rio de Janeiro durante uma operação que apura a prática de crimes ligados à fraude eletrônica em bombas de combustíveis em diversos postos de combustíveis do estado. Elas são suspeitas de envolvimento no crime.
Além dos cinco mandados de prisão, a Operação Luz cumpriu nove mandados de busca e apreensão. A operação é realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Rio, e pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Defesa de Serviços Delegados (DDSD), com o apoio da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), do Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro) e Instituto de Pesos e Medidas do Rio (Ipem).
A Operação Luz é um desdobramento da Força Tarefa Pit Stop que, semanalmente, desde o início de 2019, realiza ações de fiscalização em postos de revendedores de combustíveis. Em inquérito aberto pela Polícia Civil foi apurado a atuação de uma organização criminosa especializada em fraude eletrônica em bombas medidoras de combustível líquido, instaladas em postos de combustíveis em todo o Grande Rio, Baixada Fluminense, Niterói e São Gonçalo, com objetivo de lesar os consumidores em percentuais que variam de 7% a 14%. Isso fazia com que os clientes pagassem por uma quantidade maior do que a efetivamente colocada no tanque do veículo.
Em uma das ações, os agentes localizaram um posto no município de Niterói que estava fornecendo 10% a menos de combustível ao cliente. Após várias análises foi constatado que houve alteração eletrônica da bomba de combustível. 
Os fiscais encontraram a mesma fraude em postos de outras cidades do estado. Com base em informações de inteligência, a Delegacia de Defesa de Serviços Delegados instaurou uma investigação para identificar os responsáveis pela instalação do equipamento utilizado no crime. 
Desde o início do ano, a força tarefa realizou mais de 2 mil inspeções e interditou 10 postos que operavam com sistema de dispositivo eletrônico para fraudar o volume de combustível fornecido aos consumidores. 

Edição: Fábio Massa

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax