Destaques

Obras do Museu da Língua Portuguesa são concluídas

O governo de São Paulo anunciou hoje (16) a conclusão das obras de restauro e de readequação do Museu da Língua Portuguesa, que fica na Estação da Luz, em São Paulo. O museu, dedicado ao idioma nacional, está fechado para reconstrução desde que foi atingido por um incêndio, em dezembro de 2015. A expectativa do governo é de que o museu seja reinaugurado no dia 25 de junho do próximo ano. 
“O museu, a partir de agora, começa sua montagem. As obras estão entregues, dentro do prazo, conforme o previsto. A partir de agora começa a montagem do acervo”, disse o governador João Doria.
Segundo o governador, o museu será ainda mais interativo. “Crianças, jovens e adultos, inclusive as pessoas com deficiência, terão aqui a oportunidade desta interação. A tecnologia ajuda e contribui com a interação”, disse Doria.
A nova expografia do museu oferecerá experiências inéditas como as seções Sons das Línguas do Mundo, que vai destacar 20 das mais de 7 mil línguas faladas hoje; Falares, que traz os diferentes sotaques e expressões no Brasil; e Nós da Língua Portuguesa, que aborda sua presença no mundo, com a diversidade cultural da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). Serão mantidas as áreas Palavras Cruzadas, que mostra as línguas que influenciaram o português no Brasil; e a Praça da Língua, um espetáculo imersivo de som e luz que homenageia o português escrito, falado e cantado.
“Nós teremos aqui um centro de referência e estudos da língua portuguesa. Então teremos não apenas uma área voltada ao público em geral, mas também um espaço para pesquisadores, estudiosos e outro para debates e seminários sobre a língua portuguesa e a diversidade cultural como temas principais”, disse o secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão. Segundo ele, a entrada no museu será gratuita aos sábados. Nos demais dias, será gratuito somente para professores e policiais do estado. O espaço funcionará de terça-feira a domingo.

O governador do estado de São Paulo, João Dória, disse que o museu será ainda mais interativo – Governo do Estado de São Paulo

Custo
O custo total da obra foi R$ 81,4 milhões, referentes às obras e a implantação do museu, incluindo apoio de patrocinadores como a EDP, o Grupo Globo, o Grupo Itaú e a Sabesp e apoio do governo federal e da Fundação Calouste Gulbenkian, além do valor do seguro. 
A obra de restauração do Museu da Língua Portuguesa abrangeu serviços de recuperação das fachadas e esquadrias e reconstrução da cobertura e dos espaços internos. Também foi melhorada a infraestrutura e a segurança do museu contra incêndios, com a instalação de sprinklers, que são chuveiros acionados automaticamente para a extinção de incêndios.
A área ocupada pelo museu também foi expandida, incluindo novos espaços como um mirante e um café no terraço, onde será possível observar o Parque da Luz.
Também hoje o governo de São Paulo anunciou o lançamento do edital de licitação para a contratação da organização social que vai fazer a gestão do museu. Segundo Sá Leitão, as empresas devem manifestar interesse até o dia 29 de janeiro. O edital pode ser consultado no site da secretaria . “Temos aqui em São Paulo o modelo de gestão [de museus e equipamentos culturais] por organizações sociais, com exceção do Memorial da América Latina e da TV Cultura, que são geridos por fundações”, disse o secretário. 

O Museu da Língua Portuguesa foi atingido por um incêndio em dezembro de 2015 – Bombeiros do Estado de São Paulo

Acesso
Outra novidade é que haverá acesso direto de estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para o Museu da Língua Portuguesa e também para a Sala São Paulo. “Isso vai facilitar o acesso das pessoas que utilizam os trens da CPTM. Terá mais agilidade, mais acessibilidade e, consequentemente, mais oportunidade de frequência [aos equipamentos culturais]”, disse Doria. “Também vamos criar um passaporte que as pessoas poderão adquirir para ter acesso a todos esses equipamentos, com um preço com desconto”.
Entre 2006 e 2015, o museu recebeu cerca de 4 milhões de visitantes. O governo espera que 600 mil pessoas visitem o museu no seu primeiro ano após a reabertura.

Edição: Fábio Massa

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax