Destaques

Chuva enfraquece, mas bolsões complicam deslocamentos no Rio

O temporal que caiu na região metropolitana do Rio de Janeiro na tarde de hoje (23) deslocou-se para o Oceano Atlântico, mas deixou bolsões de água que prejudicam os deslocamentos em diversos modais de transporte.
Vias importantes da cidade como as avenidas Brasil, Ayrton Senna e Pastor Martin Luther King Jr apresentam acúmulo de água na pista. Na zona sul, os bairros do Catete e de Botafogo também são afetados.
Na Avenida Brasil, o problema foi constatado na altura do Caju, de Benfica, Olaria e Cordovil. Já a Ayrton Senna apresenta congestionamento desde a orla até a Gardênia Azul, com um bolsão de água na altura do Shopping Via Parque.
No centro da cidade, o acúmulo de água afeta a circulação do veículo leve sobre trilhos (VLT), que chegou a ter suas três linhas paralisadas por volta das 15h. Vinte minutos depois, as linhas 1 e 3 voltaram a circular com intervalos irregulares, e a Linha 2 continuou paralisada.
Os trens da Supervia também foram afetados pela chuva, que prejudicou o sistema de sinalização no trecho entre as estações Gramacho e Central do Brasil. Os intervalos no ramal estão irregulares, segundo a concessionária.
O Aeroporto Santos Dumont, no centro da cidade, chegou a ficar fechado entre as 14h41 e as 15h01 e, desde então, está operando com ajuda de instrumentos. Um voo teve que esperar que o tempo melhorasse para poder decolar e dois aguardaram no ar para poder pousar.No Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, também foi necessário operar por instrumentos durante uma hora. Desde as 16h, no entanto, o aeroporto já opera no visual. Por causa da chuva, dois voos que pousariam no Santos Dumont foram deslocados para o Tom Jobim, informou a concessionária RioGaleão. 
Edição: Nádia Franco

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax