Destaques

Câmara aprova calamidade pública em função do coronavírus; texto vai para o Senado

Aprovado na Câmara, decreto que estabelece estado de calamidade pública no Brasil e que pode ser votado no Senado no início da próxima semana.

O presidente em exercício do Senado, Antônio Anastasia, do PSDB mineiro, informou, por nota, que a casa deve deliberar só após ficar pronto o Sistema de Votação Remota, que o Senado está desenvolvendo para aprovar medidas durante a pandemia do coronavírus.

O presidente da Casa, Davi Alcolumbre, testou positivo para o Covid-19 e está em casa, em isolamento, mas sem sintomas graves.

Já a Câmara dos Deputados realizou uma sessão presencial para aprovar o estado de calamidade pública. Com o apoio unânime de todos os partidos, a medida foi aprovada por votação simbólica.

O relator da matéria, deputado Orlando Silva, do PCdoB fluminense, afirmou que não se trata de um cheque em branco para o governo, e sim de um crédito sem limites para que o Executivo possa adotar todas as medidas necessárias para combater a pandemia.

O texto aprovado cria uma Comissão Mista com seis senadores e seis deputados para acompanhar os gastos e medidas tomadas pelo governo contra o coronavírus. As reuniões podem ser por meio virtual, e haverá também encontros com os técnicos do ministério da economia e com o próprio ministro Paulo Guedes.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax