Destaques

Organizações criticam compra de time inglês por príncipe acusado de mandar matar jornalista

O principal campeonato de futebol da Inglaterra, Premier League, está paralisado por conta do coronavírus, mas agitado pelas notícias de uma transação milionária envolvendo o Newcastle e um fundo de investimento árabe. Segundo a imprensa britânica, o tradicional clube do norte inglês, fundado em 1898, deve ser comprado por aproximadamente 345 milhões de euros, algo equivalente R$ 2 bilhões.
Com quatro títulos ingleses na galeria, o último ganho em 1926, o Newcastle receberia ainda mais 230 milhões de euros para rechear o elenco com estrelas da bola. Entre os possíveis reforços estão o brasileiro Philipe Coutinho (Bayer de Munique), o francês Griezman (Barcelona) e o uruguaio Cavani (PSG).
O negócio já é dado como certo, mesmo sem a confirmação oficial de nenhuma das partes envolvidas até o momento. Entretanto, não faltam críticas ao caso, principalmente por conta da figura do príncipe Mohammed bin Salman, dono de 80% do dinheiro do consórcio de investidores.
A Anistia Internacional Britânica mandou uma carta para a Premier League, acusando o herdeiro do trono saudita de ordenar o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi dentro da embaixada da Arábia na Turquia em 2018. A ONG aponta ainda inúmeras violações aos direitos humanos pela Arábia Saudita, como a condenação de 184 pessoas à pena de morte em 2019.
Quem também protestou à Premier League contra a venda do Newscastle foi a rede de TV BeIn Sports. O grupo de comunicação situado no Catar acusa o príncipe de apoiar o televisionamento pirata do campeonato inglês para os sauditas.
O comentarista esportivo da Rádio Nacional, Mário Silva, lembra que compra de clubes é comum pelo mundo.

Concorra a prêmios surpresas ao fazer parte de nossa newsletter GRATUITA!

Quando você se inscreve na nossa newsletter participa de todos os futuros sorteios (dos mais variados parceiros comerciais) do PlanetaOsasco. Seus dados não serão vendidos para terceiros.

PlanetaOsasco.com

planeta

O PlanetaOsasco existe desde 2008 e é o primeiro portal noticioso da história da cidade. É independente e aceita contribuições dos moradores de Osasco.

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Queremos saber sua opinião sobre a matériax